Passar para o Conteúdo Principal

Maior Bolo de Laranja

Co 072017   maior bolo laranja  2  1 1024 2500
30 Julho 2017

O maior bolo de laranja do mundo à moda da avó

 

Apoiar uma causa social e promover a laranja local. Estes foram os principais ingredientes da receita de sucesso que foi o maior bolo de laranja do mundo à moda da avó. Todo o valor angariado com a venda das fatias (0,50 euros) reverteu a favor do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro. Uma iniciativa da Câmara Municipal de Sever do Vouga que marcou o último dia (30 de Julho) da FicaVouga’17-Feira Industrial, do Comércio e Artesanato.

Sever do Vouga é um concelho com uma doçaria muito interessante e, apesar de não existir uma tradição na doçaria conventual, existem alguns doces que se destacam, fruto do esforço do Município em revitalizar a gastronomia local. Em 1995, a Câmara Municipal lançou um concurso para encontrar um doce que representasse o concelho. Os severenses deram largas à criatividade e foi assim que surgiram os “Beijinhos de Sever” e as “Bateiras” e Barquinhas” do Vouga. Estes dois últimos inspirados na paisagem de rara beleza que caracteriza o concelho, onde o Vouga recorta o verde de uma paisagem de tirar o fôlego. Mais recentemente, as mãos habilidosas, de quem guarda consigo o saber fazer de outros tempos, recuperaram segredos antigos e atualizaram algumas receitas através da introdução do mirtilo, fazendo jus ao título que Sever do Vouga enverga, o de Capital do Mirtilo, por ter sido neste concelho que o mirtilo chegou a Portugal há 27 anos.

No entanto, há uma imagem de marca ainda mais antiga: a laranja. De uma doçura extrema e qualidade inconfundível, têm sido feito esforços para que este fruto seja cada vez mais utilizado na doçaria. Colocado o desafio pela autarquia, chefes e pasteleiros não se fizeram de rogados e literalmente puseram as mãos na massa. Foram precisos 150 tabuleiros, 410Kg de açúcar, 360Kg de margarina, 300Kg de laranjas, 360Kg de farinha e 7.200 ovos para confecionar o bolo de tonelada e meia, com 2,33 metros de diâmetro e 48 centímetros de altura, candidato ao Livro de Recordes “Guiness World Records”. A estes ingredientes, juntou-se uma boa dose de solidariedade dos severenses, e não só, que, ao comprar as fatias, contribuíram com 2.700,00 euros para o Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

“Com esta iniciativa, contribuímos para sensibilizar a comunidade para uma causa que diz respeito a todos nós e ao mesmo tempo ajudamos a promover a nossa laranja que possui um sabor único, assim como a nossa doçaria, cuja qualidade é reconhecida por todos”, afirma o presidente da Câmara Municipal, António Coutinho, aproveitando para agradecer “todos os que, de alguma forma, contribuíram para o sucesso desta iniciativa”, sublinhando que “sem o empenho das pessoas envolvidas, nada disso seria possível”.

Para conseguir a qualidade e o sabor tradicional que nos remetem para o passado e reavivam a memória do bolo das nossas avós, os chefes pasteleiros da VougaPan, Confiança e Flor de Aveiro partilharam o seu saber fazer. A frescura da massa foi garantida pelo cuidado na conservação através dos frigoríficos cedidos pela Mirtilusa. O chefe Pedro Ferrão, finalista do programa Best Bakery, transmitido pela SIC, apadrinhou a iniciativa organizada pela autarquia severense, em parceira com a Wise U e Nuno Zamaro Indústrias.

Co 072017   maior bolo laranja  1  1 1024 2500
Co 072017   maior bolo laranja  3  1 1024 2500
Co 072017   maior bolo laranja  4  1 1024 2500