Passar para o Conteúdo Principal

Protocolo Formação Soldadura

Co 142017   protocolo formacao soldadura  1  1 1024 2500
15 Setembro 2017

Câmara Municipal e empresas severenses

unem esforços na área da formação da soldadura

 

A Câmara Municipal de Sever do Vouga e as empresas MWS-Master Welding Solutions e Arestalfer uniram esforços para promover a qualificação na área da soldadura. Na manhã de 13 de Setembro, assinaram um protocolo de colaboração para a realização de um Curso de Soldadura MIG MAG. Com 160 horas de duração, a formação será oferecida aos melhores alunos que, no último ano letivo (2016/2017), frequentaram cursos nas áreas da Metalurgia, Metalomecânica e Soldadura, em Sever do Vouga.

O protocolo vem ao encontro da missão do Município de Sever do Vouga que é a de promover o empreendedorismo e contribuir para a promoção e o aumento da produtividade e competitividade das empresas do concelho e da região. “Com este protocolo de colaboração, vamos dar um contributo para colmatar as necessidades sentidas pelas indústrias da nossa região que têm sérias dificuldades em encontrar mão-de-obra especializada”, explicou o presidente da Câmara Municipal de Sever do Vouga, António Coutinho, acrescentando que “a autarquia respondeu prontamente ao desafio lançado pela MWS ciente da importância desta parceria, não só para o nosso tecido empresarial, mas também para os nossos jovens que querem entrar no mercado de trabalho”. O autarca adiantou que, por parte da Câmara Municipal, há interesse em manter a parceria, estando a autarquia a ponderar a criação de um espaço/centro de formação.

A MWS, empresa de engenharia especializada em soldadura e certificada pela DGERT, sediada no VougaPark-Centro de Inovação, será responsável pela formação. Ali, os formandos terão oportunidade de aprender através de uma solução formativa única em Portugal: os simuladores de realidade virtual aumentada. “Lançamos este repto por estarmos numa área geográfica onde não falta trabalho, mas sim trabalhadores especializados e de qualidade. Vamos oferecer uma formação ao nível do que de melhor se faz no mundo e o objetivo é que, no final do curso, todos os jovens estejam certificados, de acordo com as normas internacionais, para soldar em qualquer fábrica do mundo”, explicou Pax Rocha, sócio fundador da MWS, que irá suportar os custos com a formação, no valor de 15 mil euros.

A formação em contexto de trabalho terá lugar na Arestalfer, empresa que se dedica ao fabrico e montagem de estruturas metálicas e serralharias em ferro e aço inox. “É de louvar a iniciativa e ficamos satisfeitos em receber estes jovens na nossa fábrica onde poderão conhecer a realidade fabril. Nos dias de hoje, um curso técnico é tão importante quanto uma licenciatura e, com esta oportunidade, os formandos têm a porta aberta para aprender, evoluir e entrar no mercado de trabalho melhor preparados”, explicou Manuel Martins, fundador da Arestalfer.  

Co 142017   protocolo formacao soldadura  2  1 1024 2500
Co 142017   protocolo formacao soldadura  3  1 1024 2500