Passar para o Conteúdo Principal

Agentes Bióticos Nocivos (Pragas)

Processionária do pinheiro (Thaumetopoea pitycampa Schiff)

Os ataques da processionária para além de causarem reduções no crescimento das plantas por redução da copa, podem ter um efeito mais gravoso ao nível do vigor das árvores.

Pode também originar graves problemas de saúde pública, devido à acção urticante dos pêlos, que provocam alergias ao homem e animais domésticos. As reacções alérgicas dão-se normalmente ao nível da pele, do globo ocular e do aparelho respiratório.

Meios de controlo
  • No caso de grandes populações, podem ser usados insecticidas específicos (no início do Outono);
  • Uso de armadilhas com atraentes específicos (feromonas) permite detectar o início do voo dos adultos (borboletas), permitindo determinar a melhor época de tratamento;
  • Destruição mecânica dos ninhos de Inverno através do corte dos ramos e da sua queima no local;
  • Em casos de saúde pública ou árvores ornamentais, a captura das lagartas com armadilhas adesivas (aplicadas no tronco da árvore atacada), na fase em que iniciam a descida em procissão para enterramento.